Follow by Email

Artigos

A Arte de Contar Histórias - Espaços de Encantamento e O Desenvolvimento de Pessoas
“Há muito é sabido do prazer que é sentar em roda e ouvir uma gostosa história. O sabor remonta a passados longínquos e, apesar das inovações tecnológicas, é sempre com renovado anseio e deleite que nos dispomos a ouvir uma história... Todos nós, adultos e crianças.” (...)

Leia o artigo na íntegra



Brincando de Dobrar Papel entre Cantigas e Contos
(...) “Sob essa ótica, Brincando de Dobrar Papel entre Cantigas e Contos é uma atividade, mas bem poderia ser pensada como um sistema: a partir da escolha de um instrumento prático pertinente a brincadeiras (no caso, o papel e as possibilidades de sua transformação pelo processo de dobrá-lo), desenvolvem-se vertentes de descobertas e/ou retomadas das cantigas infantis e das narrativas orais.” (...)

Leia o artigo na íntegra




Afinal, O que é Educação?
“Sempre acreditei ser da máxima importância o profissional estabelecer um conceito daquilo a que se propõe fazer. Independente da sua área de atuação, seja ela lógica ou humanística. É imprescindível saber o que se pretende, onde se quer chegar, mensurar os obstáculos, estabelecer alternativas (de desvios ou de enfrentamentos), quantificar metas e comprometer-se com elas, conhecer a história daquilo a que se compromete, saber ler as variáveis que compõem o seu campo de trabalho.
É exatamente a busca de apontamentos para aquelas e outras questões que, decerto, surgirão, que definirão um conceito para o seu desenvolvimento profissional.” (...)



Educar é uma Festa
(...) “É a partir desse prisma que entendo a Educação como uma festa. Idealmente, ela existe para constituir-se um ritual. Congrega pessoas de interesses comuns, em torno dos quais deveriam encaminhar-se propostas de trabalhos que visem, assim como nos ritos de iniciação, ao desenvolvimento do ser humano, segundo etapas cuidadosamente alcançadas.” (...)



A poesia de Drummond e uma Reflexão sobre nossa Referência Cultural
(...) “A observação de uma realidade circundante permitia uma dimensão maior do problema: vivemos uma fase que comemoramos o Halloween, mas não sabemos nos aproximar dos festejos do interior do Brasil. Nossa cultura perdeu-se em deslumbramento de outros contextos, que alguém tratou de julgar para nós como sendo a melhor referência. Vivemos o que pode ser chamado de submissão cultural.” (...)


O Pacto da Mediocridade
"Nos espaços escolares, de uma maneira geral, os sistemas de avaliação perpetuaram um conceito que vai nos seguir pela vida afora: o de estar na média. Ao nos guiarmos pelo estabelecimento de uma média de aprovação, a maior parte das pessoas contenta-se em estar, exatamente, na média. Quer dizer, se um sistema de avaliação qualquer preconiza uma média para aprovação, parece ser bom negócio, então, alcançar exatamente o índice quantitativo (ou qualitativo) que represente essa média. Isso representa certa economia de esforços. (...)
Leia o artigo na íntegra



Feliz Ano Novo?
“Esperança, sonhos, desejos e tudo o mais que reveste as promessas de um novo ano, vistos por outro ângulo, passam a ter, então, outro enfoque. O do controle e o da consciência do que somos capazes para renovar os caminhos... E o de que a história a ser escrita vai ser muito mais significativa. Como está lá no poema do Drummond, ‘... é dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre.’ “.

Leia o artigo na íntegra



Construção do Conhecimento
“O conhecimento é a principal referência de evolução e de desenvolvimento pessoal. É o que nos traz vantagens nos processos em que a inteligência competitiva exige fundamentos para as mais diversas tomadas de decisões exigidas pela sociedade e pelos desafios do nosso desenvolvimento. Aliás, o posicionamento de tomada de decisões é bem mais frequente do que possamos imaginar. Desde em ações mais corriqueiras do nosso dia a dia, quanto naquelas que demandam complexidades que podem mudar nossos caminhos, a tomada de decisão é o instrumento de que nos valemos para as mais variadas escolhas. E em todas elas, o nível de conhecimento é quem determina a segurança e a tranquilidade do melhor posicionamento.”

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário